Cassação

Presidente do Peru enfrenta votação de impeachment no Congresso

Martín Vizcarra, teve áudios divulgados onde conversa com duas assessoras e pede para que mintam em um inquérito parlamentar.

Esta sexta-feira (18) poderá ser decisiva para o presidente peruano Martín Vizcarra. O Congresso vai decidir em votação sobre o impeachment dele. A base do processo de afastamento do cargo tem relação com ligações telefônicas entre Vizcarra e assessores. O político teria dado instruções para que tais pessoas mentisse num inquérito.

O mandatário da nação peruana afirmou que a gravação dos referidos telefonemas foi realizado ilegalmente. Ele também alegou que é inocente de quaisquer acusações sobre sua conduta na direção do país.

No que depender das opiniões emitidas informalmente por congressistas peruanos, apenas um partido é favorável ao impeachment de Vizcarra. Trata-se do ‘União pelo Peru’. A agremiação, por sua vez, acredita que Vizcarra sofra de “incapacidade moral” para continuar como presidente do Peru.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com