Depoimento

Carla Zambelli é intimada a depor na Polícia Federal

Por causa do foro privilegiado, Zambelli poderá escolher entre três datas para se apresentar.

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) foi intimada para prestar depoimento à Polícia Federal sobre o suposto financiamento de atos antidemocráticos que aconteceram nos meses anteriores à pandemia.

O deputado Otoni de Paula (PSC-RJ) também recebeu a intimação para depor, mas através do telefone. Os dois parlamentares tiveram seus sigilos bancários quebrados no âmbito desta investigação.

Ver mais:

>> Polícia Federal está investigando Carlos Bolsonaro por propagação de Fake News

>> “Liberdade de expressão é direito fundamental”, diz Eduardo Bolsonaro sobre contas banidas no Twitter

>> Após decisão de Moraes, contas de bolsonaristas em redes sociais são retiradas do ar

Além de Zambelli e Otoni, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos – RJ) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) também foram convocados pela PF.

Em seu depoimento, Carlos afirmou que não é “covarde” e negou que tenha relação com o financiamento de manifestações, de robôs, e de páginas com discurso de ódio contra opositores do governo Bolsonaro. Ainda assim, o vereador admitiu que tem acesso às contas do presidente nas redes.

No caso de Eduardo, ele deve ser ouvido no dia 22 deste mês. Tanto ele quanto o irmão foram intimados na condição de testemunha.

Os sigilos bancários dos dois deputados foram quebrados pela investigação. O processo corre desde maio e foi aberto a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), em maio deste ano. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, é o relator.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com