Recife

No Recife, profissionais de saúde e de assistência social debatem sobre saúde mental

Discussão promovida pela Câmara Técnica de Atenção Integral à População em situação de Rua do Recife acontece em alusão ao Setembro Amarelo.

Com o intuito de fomentar a discussão acerca da assistência e serviços públicos municipais voltados para as pessoas que utilizam as ruas como moradia, a Prefeitura do Recife convida trabalhadores da rede pública, organizações da sociedade civil e usuários dos serviços para prestigiar mais um debate virtual promovido pela Câmara Técnica de Atenção Integral à População em Situação de Rua.

Dessa vez, a conversa será em alusão ao Setembro Amarelo e abordará o cuidado integral à saúde mental das pessoas em situação de rua com profissionais da Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos do Recife (SDSJPDDH) e da Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife.

A live será transmitida pelo Youtube nesta sexta-feira (18), às 16h, por meio do link: encurtador.com.br/lBGX2 .

O tema do terceiro encontro virtual promovido pela Câmara Técnica reforça a importância do cuidado à saúde mental e prevenção ao suicídio de uma parcela da população.

Ver mais:

>> Prefeitura do Recife conclui rotas cicláveis do Projeto Nova Conde da Boa Vista

>> Guia Eleições 2020: Confira as candidaturas no Recife

>> Recife é capital que mais cresce no IDEB pela segunda vez consecutiva

A mediação ficará por conta da educadora social Camila Borges, que é chefe de divisão dos Centros de Referência Especializados para População em Situação de Rua (Centro POP), e pela enfermeira Aline Rosendo, coordenadora do Consultório na Rua da Sesau Recife.

Para enriquecer o debate, estarão presentes Brena Leite, psicóloga e terapeuta da Unidade de Cuidados Integrais (UCIS) Professor Guilherme Abath; Viviane Patrícia, educadora social, psicóloga e coordenadora do Centro POP Neuza Gomes; Maria Cecília Costa, acompanhante terapêutica e gerente do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Esperança; e Graça Crespo, assistente social sanitarista e gerente do CAPS Galdino Loreto.

Os debates virtuais são uma iniciativa da Câmara Técnica de Atenção Integral à População em Situação de Rua do Recife, instituída intersetorialmente por profissionais da secretarias municipais de Saúde (Sesau) e da Assistência Social (SDSJPDDH) desde 2018.

A finalidade da Câmara Técnica é qualificar ações básicas de saúde destinadas às pessoas em situação de rua que apresentem sofrimento psíquico, deficiências severas, uso abusivo de álcool e outras drogas, bem como definir diretrizes da rede intersetorial para o atendimento do grupo populacional em questão. É possível acessar o canal da Câmara Técnica no Youtube para conferir outros debates.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Recife

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com