Autorização

Presidente Bolsonaro autoriza notificação a supermercados por causa de altos preços

Um dos principais alimentos da mesa dos brasileiros já acumula alta de 19,2% na inflação do ano.

O presidente Jair Bolsonaro disse, durante transmissão ao vivo nesta quinta-feira (10), que o ministro André Mendonça (Justiça e Segurança Pública) pediu e ele autorizou a abertura de uma investigação sobre o aumento do preço do arroz nos supermercados.

“O André Mendonça veio falar comigo e perguntou: ‘Posso botar a Secretaria Nacional do Consumidor para investigar por que o preço subiu?’ Eu falei que pode e ponto final. Isso porque, ao chegar a resposta, pode ser que o errado somos nós. Aí o governo toma providência”.

O governo reduziu na quarta-feira (9), a zero a alíquota do imposto de importação dessa cota, a pedido do Ministério da Agricultura. O objetivo é impedir uma disparada ainda maior dos custos.

Na quarta-feira (9), a Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor) notificou a Abras (Associação Brasileira de Supermercados) e representantes de produtores de alimentos. O presidente vem ressaltando e frisou na live que não é possível interferir no mercado com uma “canetada”, pois isso, segundo ele, seria pior. O ministro Paulo Guedes (Economia) pediu explicações ao Ministério da Justiça por conta da notificação.

Ver mais:

>> Humberto: “A explosão dos preços no Brasil tem um culpado com nome e sobrenome: Jair Bolsonaro”

>> ‘Não vamos interferir no mercado’, diz Bolsonaro sobre alta nos alimentos

>> Ministro anuncia obras de integração entre Brasil e Uruguai

Segundo nota divulgada pela Associação Brasileira da Indústria do Arroz (Abiarroz), o fator com mais impacto nessa alta é uma pressão no mercado internacional desde o início da pandemia.

“Observou-se (desde a declaração de calamidade pública pela OMS em março) um aumento significativo na demanda do mercado externo, o que, somado à restrição de oferta do por alguns países exportadores, com vistas a assegurar o abastecimento interno, ocasionou a forte valorização do grão”, diz o texto.

A alta do dólar frente ao real também está entre os motivos para que o alimento chegue mais caro até os supermercados.

“A elevação do câmbio que, além de tornar atrativas as exportações do arroz em casca brasileiro, praticamente inviabilizou as importações do produto dos parceiros do Mercosul”, cita a nota da Abiarroz.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com