Fechamento

Prefeito de Salvador ameaça fechar cidade, caso a população continue desrespeitando as normas

Neste último feriadão, a população demonstrou impaciência com a demora dos prefeitos e governadores nas ações de flexibilização.

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), afirmou não descartar a possibilidade de fechar a cidade de Salvador, caso as pessoas continuem andando sem máscara na rua e insistam em eventos de rua. Neste último feriadão, a população demonstrou impaciência com a demora dos prefeitos e governadores nas ações de flexibilização.

“Nenhuma medida está descartada. Pode ocorrer ainda lockdown? Pode. Voltei a presenciar em Salvador algumas pessoas andando sem máscaras. Não estamos livres do coronavírus. Não adianta quererem cobrar da prefeitura se não fazem a máscara. Não tira o pedaço de ninguém. Todo cuidado que fizemos, foi determinante para o êxito que tivemos. Salvador conseguiu controlar a pandemia”, disse o prefeito de Salvador.

O Brasil inteiro registrou aglomerações de pessoas durante o feriadão do final de semana com muitas pessoas.

Em Salvador, foi registrado um movimento intenso na orla, na manhã de domingo (6). As atividades estão liberadas no calçadão, mas com o uso obrigatório de máscara, medida que foi desrespeitada por dezenas de pessoas que estiveram no trecho entre o Jardim de Alah e a Boca do Rio.

O acesso às praias para banho de mar e atividades na areia está proibido desde março, quando foi publicado um decreto municipal com a determinação. No entanto, neste domingo, várias pessoas ignoraram a medida, entre a Boca do Rio e o Jardim de Alah, em Itapuã, Piatã, Jaguaripe, Jardim Armação e Aleluia.

 

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com