Parabéns

EUA parabeniza Brasil pelo 198º Dia da Independência e diz que relação nunca esteve tão “forte”

Na declaração, o Departamento de Estado americano fez questão de dizer que as relações entre os dois países “nunca foram tão fortes”.

EUA parabeniza Brasil pelo 198º Dia da Independência e diz que relação nunca esteve tão “forte”

Presidente Donald Trump e Jair Bolsonaro. (Alan Santos / PR)

Publicado em 8 de setembro de 2020 - 00:02

Por

O departamento de Estado do EUA enviou uma nota parabenizando o Brasil pelo 198º aniversário de sua independência. Na declaração, o Departamento americano fez questão de dizer que as relações entre os dois países “nunca foram tão fortes”.

“Como as duas maiores democracias e economias das Américas, nossa crescente amizade se baseia em valores democráticos compartilhados. Neste ano, apesar dos desafios colocados pela pandemia da Covid-19, expandimos muito nossa cooperação na promoção do comércio bilateral e dos investimentos que ajudam nossas sociedades a florescer. Trabalhamos juntos para liderar o hemisfério na promoção dos direitos humanos e da democracia”, diz o texto, assinado pelo secretário Mike Pompeo.

EUA parabeniza Brasil pelo 198º Dia da Independência e diz que relação nunca esteve tão "forte”.

Presidente Donald Trump e Jair Bolsonaro. (Alan Santos / PR)

Segundo Pompeo, as visitas do presidente Jair Bolsonaro aos EUA reafirmaram a “aliança estratégica” e diz que o apoio do Brasil “ao povo da Venezuela, especialmente aos mais de 264 mil [venezuelanos] que foram recebidos pelo povo brasileiro, é um modelo para a região e uma prova dos valores que compartilhamo”.

Comemorações

Sem desfile militar neste 7 de setembro por causa da pandemia de covid-19, o presidente Jair Bolsonaro cumprimentou populares numa cerimônia de cerca de meia hora no gramado do Palácio da Alvorada para celebrar o Dia da Independência. Acompanhado da primeira-dama Michelle Bolsonaro, do vice-presidente Hamilton Mourão, de ministros e do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, o presidente assistiu ao hasteamento da bandeira e a manobras de sete aviões da Esquadrilha da Fumaça.

Pouco antes das 10h, Bolsonaro saiu do Palácio da Alvorada no Rolls Royce presidencial acompanhado de um grupo de crianças. Depois de percorrer 400 metros até a Praça das Bandeiras, ele se dirigiu ao alambrado e cumprimentou apoiadores.

Logo depois de o presidente se posicionar diante da bandeira, como sempre é feito no 7 de setembro, a Esquadrilha da Fumaça escreveu no céu a palavra “Brasil”, marcando o início da cerimônia de hasteamento, que ocorreu sob o som do Hino Nacional, executado pela Banda do Batalhão da Guarda Presidencial.

Em seguida, a banda tocou o Hino da Independência, para marcar a celebração do Sete de Setembro. Por volta das 10h15, a Esquadrilha da Fumaça voltou a executar uma série de acrobacias sobre o Palácio da Alvorada.

Da redação do Portal com informações do site Jornal da Cidade Online

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com