Legis Easy

Cinco vereadores são presos em operação do MP por suspeita de corrupção

A Polícia Militar prendeu vereadores e empresários por suspeita de envolvimento em crime de lavagem de dinheiro.

A Polícia Militar prendeu durante a manhã desta sexta-feira (04) cinco vereadores de Mogi das Cruzes e três empresários por suspeita de envolvimento em corrupção.

A investigação aponta que os empresários compravam apoio para aprovar leis encomendadas por eles. A polícia ainda busca por um sexto vereador, dois empresários e um funcionário da Câmara.

A operação nomeada de “Legis Easy” faz parte de uma investigação da Promotoria do Patrimônio Público e envolve, ao todo, 12 mandatos de prisão, sendo que oito forma cumpridos durante esta manhã.

Os vereadores presos inicialmente são Carlos Evaristo da Silva (PSB), Diego de Amorim Martins (MDB) – o Diegão, Francisco Moacir Bezarra (PSB), Jean Lopes (PL) e Mauro Araújo (MDB).

Também foram presos, segundo a promotoria, Carlos César Claudino de Araújo, empresário e irmão de Mauro Araújo, que seria o operador financeiro do esquema. E também os empresários Joel Leonel Zeferino e Willian Casanova, do ramo da construção civil, sendo que o último também é funcionário da Câmara.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com