Inquérito

Inquérito: Senador Romário e nove deputados, incluindo um pernambucano, serão investigados após ministra do STF autorizar

Rosa Weber aprovou investigação, nesta terça-feira (2), por suspeita de uso irregular de verba destinada à atividade parlamentar.

Inquérito: Senador Romário e nove deputados, incluindo um pernambucano, serão investigados após ministra do STF autorizar

Políticos envolvidos em caso do irregular da verba parlamentar. Foto: Reprodução/Montagem/Portal de Prefeitura

Publicado em 2 de setembro de 2020 - 11:12

Por

O inquérito da ministra Rosa Weber, do STF (Supremo Tribunal Federal), foi autorizado nesta terça-feira (1°), para investigar nove deputados federais, além de 19 ex-deputados e o senador Romário (Podemos-RJ). O motivo da investigação é que os parlamentares são suspeitos de utilizar de forma irregular a verba de atividade parlamentar.

A decisão atende ao pedido de do vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros.

Segundo a Procuradoria Geral da República, há indícios de irregularidades a partir de uma análise de material de busca e apreensão e de quebras de sigilo telefônico, bancário e fiscal. O vice-procurador aponta crimes os quais envolvem a contratação da empresa Atos Dois Propaganda e Publicidade (Xeque Mate Comunicação e Estratégia). A PGR também concluiu que os nove deputados e o senador Romário fazem parte de “um  forte esquema de falsidade ideológica, associação criminosa e lavagem de dinheiro”.

“Tais empresas teriam supostamente prestado serviços a congressistas no período de janeiro de 2014 a junho de 2018, emitindo notas fiscais com ‘fortes indícios de inconsistências’, as quais teriam sido usadas ‘para amparar a suposta utilização da cota parlamentar’.”, diz trecho do documento.

Inquérito

Entre os atuais deputados alvos da investigação, está o nome do parlamentar pernambucano, Danilo Cabral (PSB-PE).

Nove deputados envolvidos

  • Sérgio Brito (PSD-BA);
  • Carlos Henrique Amorim (DEM-TO);
  • Silas Câmara (Republicanos -AM);
  • Danilo Jorge de Barros Cabral (PSB-PE);
  • Benedita da Silva (PT-RJ);
  • Fábio de Almeida Reis (MDB-SE);
  • Hiran Manuel Gonçalves da Silva (PP-RR);
  • Jéssica Rojas Sales (MDB-AC);
  • Fausto Ruy Pinato (PP-SP);

Ex-deputados que constam no inquérito

  • Márcio Miguel Bittar;
  • André Luis Dantas Ferreira;
  •  João Alberto Fraga;
  • César Hanna Halum;
  • Joziane Araújo Nascimento;
  • Marcelo Augusto da Eira Correa;
  • Marcelo Theodoro de Aguiar;
  • Roberto da Silva Sales;
  • Sebastião Bala Ferreira da Rocha;
  • Raul da Silva Lima Sobrinho;
  • Milton João Soares Barbosa;
  • Iris de Araújo;
  • Ronaldo Fonseca de Souza;
  • Pedro Vilela;
  • Rebecca Martins Garcia;
  • Josiane Braga Nunes;
  • Julia Maria Godinho da Cruz Marinho;
  • Rogério Schumann Rosso;
  • Ezequiel Cortaz Teixeira.

 

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com