Cabo

Programa Koban da PMPE será implantado no Cabo

Com efetivo da Polícia Militar, o funcionamento do Koban será gradual, 24 horas por dia nos sete dias da semana.

O Cabo de Santo Agostinho contará com o Programa Koban – sistema de policiamento para prevenção de crimes que tem como principal base a segurança comunitária. O Koban terá dois postos fixos na cidade: um na Praça das Azeitonas, no bairro da Charneca, e outro no núcleo da Polícia Militar, em Ponte dos Carvalhos.

Em reunião com o prefeito Lula Cabral, o diretor de Articulação Social e Direitos Humanos, coronel Raul Cavalcante e o coordenador estadual de Polícia Comunitária, tenente-coronel Carlos Fiquene, apresentaram detalhes sobre o sistema que será implantado.

Com efetivo da Polícia Militar, o funcionamento do Koban será gradual, 24 horas por dia nos sete dias da semana. O maior objetivo é aproximar às comunidades dos órgãos de segurança, permitindo a resolução das demandas locais. O sistema de policiamento preventivo atuará em parceria com as Guardas Municipal, Ambiental e de trânsito, além da Patrulha Maria da Penha.

Programa Koban da PMPE será implantado no Cabo
Programa Koban da PMPE será implantado no Cabo de Santo Agostinho/ Foto: Divulgação/ Cabo

Além da prevenção de crimes, o programa também ajudará a solucionar de forma rápida as pendências que possam surgir no que diz respeito às questões sociais. Bem integralizado, o Koban possuirá “porta aberta” para encaminhar situações à todas as Secretarias da Prefeitura. O secretário Municipal de Defesa Social, Fábio Fonseca, mostrou-se satisfeito com o projeto.

“O Koban visa a proximidade das ações da polícia e dos órgãos de segurança com a comunidade. É um modelo que proporciona um elo constante com todos os moradores. O atendimento se tornará mais efetivo, uma vez que você vai dispor de um posto de policiamento comunitário praticamente dentro da comunidade. Todas as demandas que possam surgir, conflitos, serão atendidas e tratadas pelo programa. Além de policial, o Koban também terá grande ação social para direcionar e resolver pendências comunitárias”, explicou o secretário.

Atendimento – Além de presencialmente, o atendimento do Koban poderá ser feito também pelo 190.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com