Recife

Recife promove debate online sobre a população em situação de rua

Iniciativa da Câmara Técnica, composta pelas secretarias de Saúde e Assistência Social do Recife, chama atenção para o mês de Luta da População em Situação de Rua.

Recife promove debate online sobre a população em situação de rua

PCR promove debate online sobre população em situação de rua/ Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

Publicado em 1 de setembro de 2020 - 11:17

Por

Com o intuito de discutir o papel do município na atenção à população vulnerável que utiliza as rua da cidade como local de abrigo e proteção, a Prefeitura do Recife promove debates online nesta segunda (31) e na próxima sexta-feira (4), às 14h.

As lives serão serão transmitidas pelo canal no Youtube da Câmara Técnica de Atenção Integral à População em Situação de Rua do Recife, por meio do link: https://bit.ly/3bbrM6V.

Na discussão desta segunda-feira (31), participarão a secretária de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos (SDSJPDDH), Ana Rita Suassuna; a diretora executiva de Atenção Básica à Saúde do Recife, Ana Sofia Costa; a gerente de Proteção Social Especial de Média Complexidade, Valéria Monteiro; a coordenadora do Consultório na Rua da Secretaria de Saúde, Aline Rosendo; a chefe de divisão dos Centros de Referência Especializados para População em Situação de Rua (Centro POP); e o promotor de justiça de Defesa e Cidadania, Westei Conde.

Prefeitura do Recife promove debate online sobre a população em situação de rua

PCR promove debate online sobre população em situação de rua/ Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

A iniciativa acontece em alusão ao mês nacional de Luta da População em Situação de Rua, cujo dia é celebrado em 19 de agosto, e reunirá profissionais das secretarias de Saúde (Sesau) e da Assistência Social (SDSJPDDH) do Recife.

As pastas municipais compõem a Câmara Técnica de Atenção Integral à População em Situação de Rua do Recife, que tem a finalidade de qualificar ações destinadas às pessoas em situação de rua que apresentem sofrimento psíquico, deficiências severas, uso intenso de álcool e outras drogas, bem como definir diretrizes da rede intersetorial para o atendimento do grupo populacional em questão.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Recife

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com