Proposta

Eduardo da Fonte defende taxar fortunas para financiar o Renda Brasil

O parlamentar é o autor do PL 3023/20, que pode servir como base para a criação do programa social.

Em discurso no plenário da Câmara dos Deputados, o deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) defendeu a taxação de grandes fortunas como alternativa para financiar o Renda Brasil.

O parlamentar é o autor do PL 3023/20, que pode servir como base para a criação do programa social.

“A taxação de grandes fortunas ajudará a garantir recursos para a implantação do Renda Brasil. É fundamental que aqueles que ganham mais contribuam para alcançarmos a justiça social. Isso já é feito e funciona em diversos países da Europa. Precisamos distribuir renda no Brasil e esse é um dos caminhos”, enfatizou Eduardo da Fonte.

Eduardo da Fonte avaliaou que as regiões Norte e Nordeste devem ter o maior número de beneficiados após a implantação do programa social.

“Mais de 50% dos lares do Norte e do Nordeste receberam o auxílio emergencial. É mais que a média nacional. Isso mostra que a criação do Renda Brasil, de maneira permanente, como está no nosso projeto, é fundamental. Nosso engajamento é para que o programa seja criado e o Brasil consiga avançar em busca da justiça social”, afirmou Eduardo da Fonte.

Segundo o Ministério da Cidadania, 60% da população brasileira recebeu o auxílio emergencial desde abril e pelo menor 75% dos atendidos no programa são das regiões Norte e Nordeste.

Da redação do Portal com informações da Assessoria do Deputado Eduardo da Fonte

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com