Proposta

João Campos quer propor a criação de espaços urbanos para as crianças na periferia

Ideia inicial é ampliar o Mais Vida nos Morros e fortalecer a sua contribuição  para o desenvolvimento infantil, priorizando a primeira infância.

João Campos quer propor a criação de espaços urbanos para as crianças na periferia

O deputado João Campos/ Foto: Rodolfo Loepert

Publicado em 31 de agosto de 2020 - 13:40

Por

O deputado federal e pré-candidato da Frente Popular à Prefeitura do Recife, João Campos (PSB), estuda uma proposta para promover a ampliação de espaços urbanos de lazer e convivência nas comunidades e bairros da periferia do Recife.

A ideia inicial é integrar ao já existente Mais Vida nos Morros uma proposta que priorize a primeira infância, beneficiando prioritariamente crianças de 0 a 6 anos, que é a idade mais importante da vida do ser humano.

“Eu venho falando bastante da desigualdade de renda, mas outra coisa que chama muita atenção é a desigualdade socioespacial, com poucos espaços públicos de qualidade principalmente para quem mais precisa. A experiência dos nossos Compaz mostra como isso faz a diferença e quanto ainda precisamos avançar. Eu quero democratizar o acesso ao espaço público, o direito à cidade e estimular ainda mais o engajamento dos moradores”, disse o parlamentar ao visitar a Vila Burity, no bairro da Macaxeira.

O espaço foi transformado por ações do programa e 15 mil moradores foram beneficiados.

O Mais Vida nos Morros é uma política pública de cidadania e desenvolvimento sustentável que visa requalificar comunidades em morros com a implantação de paisagismo, áreas de lazer e de convivência e vem buscando repensar e redesenhar as comunidades sob a perspectiva das crianças. Para isso, conta com o apoio da iniciativa privada, de entidades internacionais e dos próprios moradores.

“O nosso sentimento é de que esse programa, que já é reconhecido nacional e internacionalmente, pode ter um braço específico dentro das propostas de área de lazer para ampliar a construção de novos espaços com o seu carro-chefe voltado à primeira infância e até mesmo à primeiríssima infância, que vai do 0 aos 3 anos”, explica João, afirmando que é importante garantir essa opção para que mães e pais levem os seus filhos para brincar e conviver ainda mais entre si.

A ideia do deputado João Campos é, com a ampliação do programa, ressignificar ainda mais o espaço urbano nas periferias, criando mobiliários urbanos inovadores e lúdicos, específicos para as crianças, em especial, para as de primeira infância, assim como garantir a inclusão das crianças com deficiência.

Inspirado nos conceitos do programa mundial Urban95 (a cidade sob a perspectiva de uma criança com 95 centímetros), é como se a rua e o espaço urbano fossem uma extensão da casa, ou até mesmo da creche ou da escola, estimulando a capacidade de aprendizado, autoconfiança ou até mesmo a criatividade da criança, assim como acompanhamento de perto pela família, de suma importância para o desenvolvimento infantil.

Intervenções simples, criativas, baratas e transformadoras, em estudo pelo deputado estão sendo pensadas para integrar esse braço mais focalizado do Mais Vida nos Morros, como a implantação de um pequeno balanço que permitiria à criança estar com a mãe ou o pai brincando junto, o escorrego que é implantado em meio ao espaço que já existe numa comunidade, banquinhos que possam levar a família às ruas para uma experiência social com os outros moradores e crianças ou até mesmo um fraldário.

“A vivência mais integrada aos acontecimentos da comunidade é importante para todos os moradores e ajuda também no desenvolvimento das crianças. Em especial, as da primeira infância”, explica João.

Outro ponto importante, que poderá auxiliar no acesso à cultura, educação e também no desenvolvimento infantil é o incentivo de importantes hábitos a partir do espaço público, como, por exemplo, o da leitura.

“Nós temos que criar práticas e ações que fomentem o hábito da leitura inclusive no espaço público porque, sabemos, os livros têm um papel que pode ser determinante em relação à formação dos mais novos. O nosso desafio será transformar esse espaço dentro das comunidades para que a leitura apareça como algo natural, comum a todos que passam naquele local. E nós estamos nos aprofundando nisso”, assegurou.

Uma cidade boa para as crianças é uma cidade boa para todos. E é fundamental ao decidir priorizar a primeira infância que outras ações da Prefeitura aconteçam de forma integrada no mesmo território, que já conta com esse engajamento dos moradores e das crianças, a fim de maximizar as externalidades positivas.

“Não só as obras de infraestrutura urbana serão integradas, assim como, simultaneamente com outras políticas públicas, todo o planejamento urbano priorizará os trajetos das crianças com seus familiares até os principais equipamentos, como creches, escolas, unidades de saúde, por exemplo. Vou consolidar o Mais Vida nos Morros também como um modelo de integração territorial de políticas públicas em prol da  primeira infância, potencializando os ganhos em cima daqueles que representam o futuro”, conclui João.

Da redação do Portal com informações da Assessoria do Deputado João Campos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com