Defesa

“Não adianta querer derrubar o presidente. Tirem isso da cabeça”, rebate General Heleno em resposta a Barroso

Augusto Heleno afirmou que é uma "pretensão descabida" querer tirar Bolsonaro do poder.

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), General Augusto Heleno, deu uma resposta mais direcionada ao presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, sobre o presidente Jair Bolsonaro.

Barroso afirmou esta semana que Bolsonaro é defensor da ditadura e da tortura, mas que as instituições democráticas têm se mostrado resilientes às declarações do chefe de Estado.

Rebatendo Barroso, General Heleno disse que lamenta a declaração de Barroso, mas que vai tratar isso com “serenidade” para manter a harmonia entre os Poderes. Ele acrescentou que há uma ideia coletiva de querer derrubar o presidente.

“A gente lamenta a declaração e não vamos encarar como uma provocação. A ideia é manter a harmonia entre os Poderes. Mas não adianta uma parte do país querer derrubar o presidente”, disse.

Augusto Heleno ressaltou que Bolsonaro foi eleito democraticamente de “forma limpa”.

“O presidente foi eleito de forma limpa. Qualquer tentativa de desilustrar essa eleição é tentativa de derrubar o presidente. É uma pretensão descabida. Tirem isso da cabeça”, aconselhou.

 

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal