Reformulação

Governo Federal lança Novo programa habitacional Casa Verde e Amarela que substitui o Minha Casa Minha Vida

Com foco no Norte e Nordeste, a meta é inserir 1,6 milhão de famílias no sistema habitacional até 2024 e promover 400 mil melhorias em unidades existentes com redução da taxa de juro para a menor da história.

Governo Federal lança Novo programa habitacional Casa Verde e Amarela que substitui o Minha Casa Minha Vida

Presidente Jair Bolsonaro visita a unidades do Residencial Mossoró I. Foto: Alan Santos/PR

Publicado em 25 de agosto de 2020 - 13:39

Por

O governo federal lançou hoje (25) o programa habitacional Casa Verde e Amarela, que vai reformular o Minha Casa Minha Vida. Os focos iniciais serão a regularização fundiária, melhoria habitacional e redução da taxa de juro para a menor da história, para ampliar o acesso à moradia digna.

De acordo com o governo, o programa vai garantir que 1 milhão de famílias que estavam fora do sistema de financiamento habitacional possam ter acesso ao crédito.

A cerimônia ocorreu no Palácio do Planalto e contou com a participação do presidente Jair Bolsonaro e do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

O Casa Verde e Amarela foi concebido para substituir o Minha Casa, Minha Vida, criado em 2009, no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Com foco nas regiões Norte e Nordeste, serão contempladas com a redução nas taxas em até 0,5 ponto percentual para famílias com renda de até R$ 2.000 mensais e 0,25 para quem ganha de R$ 2.000 a R$ 2.600.

Nessas localidades, os juros poderão chegar a 4,25% ao ano para cotistas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Nas demais regiões, a 4,5%.

Confira aqui o projeto na íntegra.

Agência Brasil

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com