Rejeição

Dias Toffoli nega pedido do Senado para anular buscas no gabinete de Fernando Bezerra Coelho

Senado havia argumentado no pedido que a medida de busca e apreensão no gabinete é 'extremamente amplas e invasiva'.s

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, rejeitou o pedido do Senado para anular buscas e apreensões realizadas no gabinete do líder do governo do Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).

Na ação movida pelo Senado, foi contestada as medidas de busca e apreensão no gabinete, autorizadas pelo ministro Luís Roberto Barroso e que foram deflagradas em setembro de 2019.

O Senado diz que as buscas relacionadas a FBC eram extremamente amplas e invasivas, investigando fatos já antigos em período em que o Parlamentar sequer exercia o mandato.

“Não se considerou que o Congresso Nacional é guardião de informações sensíveis à segurança nacional e que colocam em risco o funcionamento da República”, argumentou o Senado Federal.

Fernando Bezerra Coelho e seu filho, o deputado Fernando Coelho Filho (DEM-PE), são suspeitos de receber R$ 5 milhões em propinas por desvios de obras públicas entre 2012 e 2014.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com