Queixa

Deputado Danilo Cabral aciona STF contra Bolsonaro por ataques a jornalistas

Parlamentar protocolou uma notícia-crime no Supremo após Bolsonaro ameaçar de agredir repórter no último domingo (23).

O deputado federal Danilo Cabral (PSB) protocolou uma notícia-crime no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente Jair Bolsonaro pelos ataques aos jornalistas. O parlamentar alega que Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade ao agir de forma incompatível coma dignidade, a honra e o decoro do cargo.

De acordo com o parlamentar, Bolsonaro também feriu o Código Penal.

“Quando o presidente ameaça abertamente um trabalhador que está a exercer seu labor e indagá-lo a respeito de algo que o país inteiro quer saber, é uma postura absolutamente condenável”, afirma Danilo Cabral, que criou a Frente Popular em Defesa da Liberdade de Imprensa. Ele lembra que os ataques, as agressões e as tentativas de intimidação por parte do presidente à imprensa são recorrentes.

A notícia-crime trata-se mais especificamente sobre a resposta do presidente a um repórter da Globo, que, no último domingo (23), disse que tinha vontade “de encher a boca dele de porrada”.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com