Ameaça

Vereador paraibano ameaça matar Bolsonaro em áudio vazado na internet. Após repercussão, parlamentar disse que se “excedeu”

Ronaldo Lima Batista (PDT) disse que usaria uma faca de dez polegadas para matar o presidente.

O vereador Ronaldo Lima Batista (PDT), mais conhecido como Ronaldo Pescador, da Coremas, no Sertão paraibano, disse que mataria o presidente Jair Bolsonaro com uma faca de dez polegadas. A ameaça foi proferida em áudio que foi vazado na internet.

Tal ameaça teria chegado aos conhecimentos do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), em Brasília.

No áudio, ele cita o nome de Adélio Bispo, que esfaqueou Bolsonaro durante campanha eleitoral, em 2018.

”Se você me ver agarrado no paletó de Bolsonaro, não separe. Aquele outro cara, Adélio, não acertou o pulmão dele não. Agora se eu pegar ele com uma faca de 10 polegadas, eu mato até o carona que vai mais ele. Se você me ver agarrado no paletó de Bolsonaro é arrochando a gravata pra ver se eu enforco”, ameaçou.

Diante da repercussão, o parlamentar publicou um vídeo de retração no qual afirma que foi infeliz em sua fala e que ameaça não passou de uma “ironia”.

“Quero explicar a todos que esse áudio se trata de uma conversa privada entre eu e um amigo meu, a onde ele brincou comigo e eu em tom de ironia respondi brincando com ele e proferi um áudio com supostas ofensas ao presidente da República. Quem me conhece sabe que sou da paz, não gosto de violência. E venho explicar que fui infeliz. Como cidadão e pai de família, reconheço que errei, que me excedi. Mas, por se tratar de um momento político, estão distorcendo as coisas para me prejudicar”, diz Ronaldo Pescador em trecho do vídeo.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com