Farpas

“Gilmar Mendes vende sentenças”, afirma senador Jorge Kajuru

Fala de Kajuru foi referente a decisão do ministro do STF que mandou soltar o secretário de Transportes de São Paulo, Alexandre Baldy, preso em operação da PF.

O senador Jorge Kajuru (PRP), voltou a alegar que o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), é “corrupto” por “vender sentenças”. A crítica, dessa vez, veio depois que o ministro do STF determinar a soltura de Alexandre Baldy, preso na Operação Dardanários, deflagrada pelo Ministério Público e Polícia Federal.

Kajuru denunciou Gimar Mendes pela suposta venda de sentenças judiciais para beneficiar agentes políticos.

“O ministro Gilmar Mendes ao soltar o corrupto secretário de Transportes de São Paulo e o também corrupto João Doria, foi corrupto. Ele vende sentenças, ele está milionário por isso”, disse Kajuru em entrevista ao programa Pingo nos Is da Rádio Jovem Pan, na última segunda-feira (10). O parlamentar já havia batido de frente com Gilmar Mendes, em 2019.

A soltura de Baldy autorizada pelo ministro do STF, ocorreu no dia 8 de agosto. Baldy foi acusado de receber propinas de uma empresa da área de saúde para favorecê-la em contratos com o poder público.

O governador de São Paulo, João Doria, rebateu chamando Kajuru de “destemperado”.

“Ele é uma pessoa destemperada, desqualificada para fazer esse tipo de acusação. Ele usa, inclusive, do mandato que recebeu para fazer ataques não só a mim, mas a quem classifica como desafeto. É um mau exercício do mandato, deveria estar lutando pelo povo de Goiás, pelas boas causas. E o que ele faz na tribuna do Senado é atacar seus desafetos protegido pela imunidade”, disse Doria.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com