Rede Sustentabilidade pode lançar candidato próprio na disputa pela Prefeitura do Recife

Em comunicado oficial o partido ressalta que apesar de manter um bom diálogo com partidos progressistas é contra a polarização política que se formou no país e que vem permeando as gestões municipais.

Há poucas semanas para o início das eleições municipais 2020, os partidos articulam suas estratégias e já movimentam suas peças. No campo das oposições, quem acabou de manifestar uma possível candidatura própria foi o partido “Rede Sustentabilidade”.

A REDE vem discutindo internamente o lançamento de um nome como pré candidato a prefeitura do Recife, entre os apontados destacam-se o filiado Sérgio Rodrigues, Coronel da reserva remunerada da PMPE, defensor dos Direitos Humanos e educador e da filiada Alice Gabino, advogada, feminista e ativista ambiental.

Confira abaixo o comunicado na integra:

COMUNICADO

“Viemos comunicar a partir da presente nota, que em face do cenário atual do processo eleitoral na cidade do Recife se apresentar de forma difusa, não contemplar até o momento os verdadeiros interesses dos recifenses, qual seja a ausência de debates sobre os problemas enfrentados por nossos cidadãos com a crise pandêmica da saúde pública e mau uso dos recursos disponibilizados, a crise pandêmica da segurança pública municipal em geral, destruição e vandalização dos patrimônios públicos e históricos, da violência pandêmica nas comunidades mais desassistidas face ausência de políticas públicas do poder municipal, da crise pandêmica com a falta de organização urbanística da cidade, da crise pandêmica no saneamento básico e falta de água em pleno século XXI em bairros recifenses, da crise pandêmica por falta de assistência e proteção que atinge negros, pardos, idosos, grupos ligados a movimentos LGBTQIA+ e mulheres com as violências sofridas, a crise pandêmica pela falta de mobilidade urbana municipal, a crise pandêmica pela falta de iniciativa e criatividade para gerar emprego e renda para o recifense, além da degradação ambiental que ocorre nos nossos mananciais, estuários e reservas ecológicas.

Agregado a todos estes fatores citados, há ainda a falta de um modelo de gestão mais moderno, democrático e ecosustentável que dialogue em parceria com as comunidades e entidades civis na discussão e construção do emprego dos recursos e da construção das políticas públicas necessárias ao enfrentamento dos problemas municipais.

Vemos que os velhos partidos que se mantém no poder e suas velhas políticas com suas velhas práticas e oligarquias políticas tem se válido de discursos de enfrentamentos recíprocos para gerar polarizações políticas e levar ao cidadão a ideia de que só existem as opções do EU ou ELE, do BOM ou RUIM, do BEM ou MAL, jogando com o MEDO, pré candidatos e partidos que utilizam como discursos defender políticas federais desastrosas que buscam destruir o meio ambiente, que amplia a desigualdade quando busca retirar direitos de grupos vulneráveis como idosos, mulheres, negros e pardos, quando trabalha a ideia de novos impostos para o cidadão, o que é indefensável, outros que querem levar o discurso do pleito eleitoral para o nível nacional como forma de buscar um salvo conduto para erros do passado, o Recife e o povo recifense não merecem esse tipo de política, de partidos e de políticos.

Nós que fazemos a REDE SUSTENTABILIDADE, apesar de mantermos diálogos com partidos progressistas, face ao pleito eleitoral de 2020, não estamos sujeitos a seguir está polarização de discussão política e coligação com partidos apenas por ideologia ou como fonte de enfrentamento e radicalismo político, o que já foi julgado em outras eleições e condenados pela sociedade e povo recifense. Que quer partidos e pré candidatos como alternativa verdadeira, como uma nova VIA, sem velhos vícios políticos, onde as pessoas se sintam representadas pelo gênero, pela cor, classe social, pela experiência, capacidade, enfim pela diversidade que é a nossa sociedade e capazes de discutir os problemas da nossa VENEZA brasileira. Face ao exposto no comunicado, a REDE está discutindo internamente o lançamento também das pré candidaturas dos [email protected] SÉRGIO RODRIGUES, Coronel da reserva remunerada da PMPE, Defensor dos Direitos Humanos e Educador e da filiada ALICE GABINO, Advogada, Feminista e Ativista Ambiental.

Recife, 10 de agosto de 2020

Sérgio Rodrigues de Paula – Filiado

Coordenador de Formação da REDE Sustentabilidade Recife/Pernambuco”

Comments are closed.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com