Crítica

“Não era a cloroquina que poderia salvar as 100 mil vidas”, diz Doria ao criticar Bolsonaro

Declaração de Doria foi uma resposta a ampla defesa de Bolsonaro à cloroquina.

“Não era a cloroquina que poderia salvar as 100 mil vidas”, diz Doria ao criticar Bolsonaro

Governador João Doria está assintomático. Foto: Divulgação

Publicado em 7 de agosto de 2020 - 13:47

Por

Em coletiva de imprensa que está sendo realizada nesta sexta-feira (7), o governador de São Paulo, João Doria, voltou a criticar o presidente Jair Bolsonaro em sua fala sobre a pandemia do novo coronavírus. Ontem (6), Bolsonaro havia feito um comentário sobre as quase 100 mil vidas perdidas pela Covid-19 no Brasil. Hoje, Doria rebateu: “não era a cloroquina que poderia salvar as 100 mil vidas que se foram”.

Na transmissão ao vivo feita por Bolsonaro ontem, Foi defendida, novamente o uso da cloroquina.

“Infelizmente, não era uma ‘gripezinha’. É uma doença grave, uma pandemia em que, até amanhã, chegaremos a três milhões de brasileiros infectados e 100 mil brasileiros perderam as suas vidas até agora. Não era uma ‘gripezinha’ e não era a cloroquina que poderia salvar as 100 mil vidas que se foram”, declarou o governador.

Até a última atualização, o número de mortes pelo vírus no Brasil chegou a 98.650.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com