Ação

Senador vai à Justiça pedir que Bolsonaro seja cobrado pelos custos de produção da cloroquina

Fabiano Contarato (Rede-ES) quer que Bolsonaro pague todo o valor correspondente aos gastos públicos através de descontos na folha de pagamento.

O senador Fabiano Contarato (Rede-ES) entrou na Justiça nesta terça-feira (4), para pedir que o presidente Jair Bolsonaro pague pelos custos de produção da hidroxicloroquina, medicamento defendido pelo mandatário para o tratamento da Covid-19. O argumento usado pelo parlamentar é de que não há estudo científico que comprove a eficácia da medicação. A informação é da Folha de São Paulo.

Na ação, Fabiano Contarato quer que Bolsonaro pague o valor correspondente aos gastos públicos que financiam a produção da cloroquina. Ele sugere que a quantia seja descontada da folha de pagamento do presidente.

“A saúde pública está sendo exposta a um risco gravíssimo. Recorremos à Justiça porque não há estudo científico que comprove a eficácia dos medicamentos”, justifica o senador na peça.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com