Ataque

“Quebraram os Estados”, disse Bolsonaro se referindo a atuação dos governadores na pandemia

Declaração do presidente foi dada em ida à padaria nesse domingo (2).

“Quebraram os Estados”, disse Bolsonaro se referindo a atuação dos governadores na pandemia

Bolsonaro na padaria com apoiadores.

Publicado em 3 de agosto de 2020 - 14:47

Por

Numa ida à padaria Lago Norte, próxima ao Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro com apoiadores e com a imprensa. Na ocasião, ele fez ataques aos governadores no que se refere a atuação deles no combate à pandemia do coronavírus. Segundo o mandatário, os chefes de Estado “quebraram os estados” ao adotarem o isolamento social e consequentemente o fechamento de serviços não essenciais.

“Os informais foram simplesmente dizimados. Alguns estão defendendo auxílio emergencial indefinido. Esses mesmos que quebraram os Estados deles, esse mesmo governador que quebrou seu Estado está defendendo agora o emergencial de forma permanente”, disse o presidente acompanhado do ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos.

Ao citar o auxílio emergencial , Bolsonaro disse que o gasto mensal do benefício permanente é de R$ 50 bilhões.

“Só que, por mês, são R$ 50 bilhões. Vão arrebentar com a economia do Brasil”, acrescentou.

O auxílio emergencial inicialmente estipulado para três parcelas, foi ampliado para cinco em decisão do governo federal. Entretanto, parlamentares no Congresso fazem pressão para que o pagamento seja permanente como uma renda mínima.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com