Posicionamento

PSB diz sofrer fake news e aciona Justiça para que responsáveis se expliquem

Na lista de pessoas acionadas pelo partido, estão deputados, pré-candidatos, um blogueiro e uma blogueira, diz comunicado.

PSB diz sofrer fake news e aciona Justiça para que responsáveis se expliquem

Bandeira do PSB Foto: Reprodução/Rede Social

Publicado em 1 de agosto de 2020 - 19:55

Por

Alegando sofrer uma grande disseminação de notícias falsas (Fake News) o Partido Socialista Brasileiro comunicou publicamente neste sábado, dia 01 de agosto, que acionou a Justiça para que os autores se expliquem sobre postagens falsas, sem qualquer embasamento na realidade, de modo a macular a honra e a imagem do partido e de seus filiados. 

De acordo com texto divulgado, deputados, pré-candidatos, um blogueiro e uma blogueira, constam na lista de pessoas acionadas por divulgar as fake news. O PSB relata que na última sexta-feira,  dia 31 de julho, foram quatro ações protocoladas, mas, a Justiça deve ser acionada novamente nos próximos dias para que outros responsáveis pelas fake news também respondam pelos seus atos.

Acompanhe o comunicado na íntegra:

Diante da grande disseminação de notícias falsas ocorrida nas últimas semanas em Pernambuco, o PSB e algumas de suas lideranças políticas começaram entrar com ações para que seus autores se expliquem na Justiça. Na lista de pessoas acionadas por divulgar as fake news, maculando a honra e a imagem do partido e de seus filiados, estão deputados, pré-candidatos, um blogueiro e uma blogueira.

Apenas nesta sexta (31), foram quatro ações protocoladas. No entanto, a Justiça deve ser acionada novamente nos próximos dias para que outros responsáveis pelas fake news também respondam pelos seus atos. Em todos os casos, trata-se de notícias e postagens falsas, sem qualquer embasamento na realidade.

O advogado responsável pelas ações, Rodrigo Pellegrino, destaca que as ações têm como objetivo combater a promoção de notícias falsas, popularmente chamadas de fake news, disseminadas contra o PSB e lideranças.

“Se critique, questione, argumente, mas imputar uma conduta criminosa e não verdadeira gera consequências para o político ou blogueiro que comete a falsidade. O que se busca com essas ações é o equilíbrio do direito da informação.”, explicou.

O PSB, em toda sua história política, sempre esteve ao lado da democracia, da liberdade de expressão, de imprensa e demais liberdades individuais. Fato é que estas liberdades, consagradas na Constituição Cidadã de 1988, não autorizam que pessoas abusem desses direitos, divulgando deliberadamente mentiras e informações falsas, com o objetivo de ferir imagens, manchar reputações e obter ganho político-eleitoral.

Esse tipo de expediente está alinhando com o que existe de mais retrógrado e baixo na política brasileira e infelizmente tem ocorrido em Pernambuco. Ele não condiz com o que acredita, defende e pratica o PSB em qualquer esfera de atuação e está sob a mira do Congresso Nacional na CPMI das fake news e de um inquérito conduzido pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com