Descoberta

Atual gestão do Paulista encontra desperdício de milhares de kits de merenda escolar abandonados

Alimentos deveriam ter sido distribuídos pela gestão anterior (Junior Matuto), entre 19 mil alunos de 42 unidades de ensino do município, mas estavam amontoadas e tendo alguns, tido o prazo de validade vencido, diz nota.

Atual gestão do Paulista encontra desperdício de milhares de kits de merenda escolar abandonados

Kits de merenda escolar, amontoados em quatro salas de aula do Colégio Municipal José Firmino da Veiga. Fotos: Divulgação

Publicado em 1 de agosto de 2020 - 15:20

Por

A atual gestão da Cidade do Paulista, que esta no comando do prefeito Jorge Carreiro (PV), emitiu nota de esclarecimento durante esta semana ao revelar que após vistoria da Secretaria Municipal de Educação, foram encontrados milhares de kits de merenda escolar, amontoados em quatro salas de aula do Colégio Municipal José Firmino da Veiga. 

Segundo texto, os alimentos deveriam ter sido distribuídos pela gestão anterior (Junior Matuto), entre 19 mil alunos de 42 unidades de ensino do município, em decorrência da pandemia, mas terminaram sendo abandonados e tendo alguns, tido o prazo de validade vencido.

Kits de merenda escolar, amontoados em quatro salas de aula do Colégio Municipal José Firmino da Veiga. Fotos: Divulgação

O comunicado informa ainda, que estão sendo tomadas as medidas cabíveis para apurar responsabilidades e tentar a troca dos alimentos com data de validade vencida, para que possam ser devidamente distribuídos entre os estudantes da rede municipal de ensino. 

Alguns itens, com prazo de validade vencido. Foto: Divulgação

Acompanha na íntegra o comunicado:

“A Prefeitura da Cidade do Paulista, por meio da Secretaria Municipal de Educação, vem esclarecer ao público, para restabelecimento da verdade, que durante vistoria feita pela titular desta pasta, professora Jaqueline Moreira, foram encontrados milhares de kits de merenda escolar, amontoados em quatro salas de aula do Colégio Municipal José Firmino da Veiga. 

Esses alimentos deveriam ter sido distribuídos pela gestão anterior entre 19 mil alunos de 42 unidades de ensino do município, em decorrência da pandemia, mas terminaram sendo abandonados e tendo alguns, tido o prazo de validade vencido. 

Ao descobrir os alimentos amontoados nas salas de aula, a Secretaria de Educação resolveu transferi-los para um caminhão-baú da Prefeitura, como forma de evitar que os mesmos corressem o risco de ser saqueados.  

No momento, estão sendo tomadas as medidas cabíveis para apurar responsabilidades e tentar a troca dos alimentos com data de validade vencida, para que possam ser devidamente distribuídos entre os estudantes da rede municipal de ensino.”

Paulista, 28 de julho de 2020 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com