Opinião

Programa do governo Bolsonaro, Renda Brasil, pode ser oportunidade de diminuir a pobreza no Brasil, afirma Eduardo da Fonte

A porcentagem da população que vivia em extrema pobreza caiu de 6,9% para 3,3%.

A criação do Renda Brasil voltou a ser defendida pelo deputado federal Eduardo da Fonte (PP), autor do PL 3023/20, que cria um programa de distribuição de renda permanente. O parlamentar destacou dados da Fundação Getúlio Vargas, que avaliou o impacto do auxílio emergencial na população, para demonstrar a importância do programa.

“São mais de sete milhões de brasileiros que saíram da extrema pobreza graças ao auxílio emergencial. Para se ter uma ideia, é mais do que a população de 17 estados brasileiros. Estou engajado em tornar esse auxílio permanente através da implantação do Renda Brasil. São milhões de famílias diretamente beneficiadas, sem contar o impacto na retomada da economia”, afirmou Eduardo da Fonte.

Segundo o levantamento da FGV, a porcentagem da população que vivia em extrema pobreza caiu de 6,9% (14 milhões de pessoas) em junho de 2019, para 3,3% (6,9 milhões de pessoas) em junho de 2020, sendo o menor nível em 40 anos.

*Da redação do Portal com a Ascom

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com