Investigação

Operação da Polícia Civil mira organização criminosa com participação de agente público que pratica extorsão

Denominada de Operação Dubai, a DRACCO realizou nesta manhã de terça-feira o cumprimento de oito mandados de busca e apreensão. Investigação teve início em julho de 2019.

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou, na manhã desta terça-feira (28), uma operação para identificar integrantes e desarticular uma organização criminosa armada envolvida com prática de extorsão e sequestro, inclusive com participação de agente público.

Na Operação Dubai, são cumpridos oito mandados de prisão e onze mandados de busca e apreensão domiciliar. Todos foram expedidos pela Vara Criminal da Comarca de Carpina, na Zona da Mata de Pernambuco.

Segundo a Polícia Civil, a investigação foi iniciada em julho de 2019. Em nota, a corporação também informou que essa é a 31ª operação de repressão qualificada do ano de 2020.

Ao todo, participam da operação 90 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, além do apoio da Polícia Militar. A operação é coordenada pela Diretoria Integrada Especializada da Polícia Civil (Diresp) e supervisionada pela Chefia da Polícia Civil.

As investigações são assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco (Dintel), especialmente pelo Núcleo de Inteligência do Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Draco).

Da redação do Portal com informações do G1 PE

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com