Bloqueio

Justiça bloqueia bens de investigados por compra emergencial no Rio

Eles são investigados por irregularidades nas compras emergenciais sem licitação de 820 mil testes rápidos para  detecção da covid-19, em um montante de R$ 129,6 milhões.

Por - Publicado em 28 jul de 2020, às 21:23 - Atualizado em 28 jul de 2020, às 21:27
Justiça bloqueia bens de investigados por compra emergencial no Rio
Edmar Santos foi preso em seu apartamento, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Foto: Reprodução