Operação

Esposa de governador do Piauí, deputada Rejane Dias (PT) sofre buscas da PF em gabinete

A parlamentar foi um dos alvos da Operação Topique, que também mirou no governador do Piauí, Wellington Dias. Ambos são suspeitos de participar de esquema criminoso de fraude na Educação do Estado.

Além do governador do Piauí, Wellington Dias (PT), ter sido alvo de mandado e busca pela Polícia Federal, a esposa dele e deputada federal Rejane Dias (PT), também está sendo investigada na Operação Topique, deflagrada pela PF e que apura suposto crime de fraude em licitação praticados na Secretaria de Educação do Estado do Piauí, onde Rejane foi secretária.

Esta é a terceira fase da operação que iniciou em 2018. Segundo a PF, servidores públicos e empresários teriam se associado para superfaturar contratos de transporte escolar. Contudo, a PF não detalhou as suspeitas de Rejane Dias e Wellington Dias. Ao todo, foram expedidos 12 mandados de busca e apreensão.

Ainda de acordo com a PF, as fraudes teriam ocorrido entre os anos de 2015 e 2016. Os servidores são suspeitos de desviar, no mínimo, 50 milhões de reais de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica – Fundeb – e do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar – PNATE.  

“Mesmo após duas fases ostensivas da operação, o Governo do Estado do Piauí mantém contratos ativos com as empresas participantes do esquema criminoso que totalizam o valor de R$ 96,5 milhões de reais, celebrados entre os anos de 2019 e 2020”, informa PF.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com