Crítica

“Liberdade de expressão é direito fundamental”, diz Eduardo Bolsonaro sobre contas banidas no Twitter

O deputado federal foi à rede social se manifestar contra a decisão do STF que retirou do ar os perfis de Luciano Hang, Sara Giromini, Roberto Jefferson, entre outros nomes aliados do governo Bolsonaro.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), condenou a ação do Supremo Tribunal Federal (STF), representada pelo ministro Alexandre de Moraes, que ordenou a retirada do ar de perfis das redes sociais, cujos nomes são de pessoas aliadas ao presidente Jair Bolsonaro. Segundo o parlamentar, que se manifestou via Twitter na noite desta sexta-feira (24), “a liberdade de expressão é direito fundamental garantido em nossa Constituição e deve ser válida para todos”.

A medida de Moraes atingiu nomes como Sara Winter, Roberto Jefferson, Luciano Hang, Rodrigo Ribeiro, Edgard Corona, Otávio Fakhoury, Bernardo Küster, Edson Salomão e Allan dos Santos, além de outros que são apoiadores de Bolsonaro. A determinação é em decorrência do inquérito que apura suposta propagação de notícias falsas e ameaças a ministros da Suprema Corte.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com