Defesa

Vereadores do PSB defendem Geraldo Julio e criticam pedido de impeachment da oposição

Os socialistas criticaram Daniel Coelho, Mendonça Filho e Priscila Krause após repercussão sobre operações da PF na sede da Prefeitura do Recife.

Os vereadores do PSB saíram em defesa do prefeito Geraldo Julio (PSB) na Câmara de Vereadores e rebateram as falas dos adversários que criticaram as recentes operações da Polícia Federal na Prefeitura.

O vereador Davi Muniz (PSB) rebateu a deputada Priscila Krause e classificou as falas da deputada estadual como “oportunismo”.

“A quantidade de vezes que Priscila Krause distorceu dados e fez da vida dos recifenses palanque eleitoral é absolutamente proporcional à sua inércia diante do desafio da pandemia. Muito triste, mas pouco surpreendente: desde o início da pandemia Priscila Krause nada fez para salvar sequer uma vida no Recife e foi uma das principais aliadas do vírus na cidade”, disse Davi Muniz.

“Além do resultado concreto do trabalho exemplar da Prefeitura do Recife e de cada recifense que tem lutado de frente contra o coronavírus, com mais de 12 mil vidas salvas, temos a certeza que restará absolutamente clara a correção de todo esse esforço. Todas as compras da Prefeitura foram feitas dentro da regularidade, nenhum centavo foi desperdiçado e essas serão as respostas trazidas pelas investigações, pois é a verdade”, afirmou Davi.

O vereador Hélio Guabiraba (PSB) falou sobre o pedido do deputado Daniel Coelho para que a Câmara do Recife abra um pedido de impeachment contra o prefeito Geraldo Julio.

“Chega a ser risível o pedido de impeachment do sempre derrotado Daniel Coelho. Como já foi exaustivamente esclarecido pela Prefeitura, não houve nenhum prejuízo para o Recife”.

“Todo o dinheiro gasto na compra dos respiradores foi devolvido e todo o material comprado foi entregue e está sendo utilizado para proteger os profissionais de saúde no combate à covid-19”, disse Hélio.

O vereador também rebateu trecho de um vídeo publicado por Daniel Coelho em redes sociais. Em seu Twitter, o pré-candidato Daniel Coelho, compartilhou um vídeo no qual diz que os secretários de Saúde da cidade do Recife zombaram da população.

“Chama a atenção no vídeo do eterno candidato a seguinte fala: “Não devemos esperar a eleição, não”. Ora, Daniel, Geraldo nem é candidato à reeleição, já cumpriu dois mandatos. Isso tudo é medo do debate democrático, ou as lembranças das duas últimas eleições no Recife ainda estão acesas na sua memória?”, disse Hélio.

Em relação às críticas de Mendonça Filho, o vereador Augusto Carreras (PSB) disse que o ex-ministro quer colocar no currículo o título “porta-voz da morte”. Mendonça Filho, ex-ministro da Educação do Governo Temer e pré-candidato pelo Democratas, disse, por meio de nota, que é inexplicável o silêncio do atual prefeito Geraldo Júlio após cinco operações da PF.

“Mendonça Filho está fazendo de tudo para colocar em seu currículo o cargo de porta-voz da morte no Recife, não bastando nunca ter feito nada pela cidade quando teve oportunidade. Não por coincidência é lembrado sempre como o ex-ministro da Educação de Temer, que acabou com o Prouni e Fies e que nunca moveu uma palha pelo Recife. Agora, Mendonça só aparece para fazer política eleitoreira e vazia com a vida das pessoas na pandemia”, disse Augusto Carreras.

Comentários estão fechados.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com