Perseguição

Presidente Bolsonaro: “Amazônia não pega fogo e há campanha maldosa contra o Brasil”

Bolsonaro também afirmou que jornais brasileiros querem “derrubar o governo” e publicam mentiras que a imprensa internacional replica.

O presidente Jair Bolsonaro falou sobre o cenário de desmatamento e queimadas na Amazônia Legal nesta quinta-feira (23). O país é cobrado por redução desses índices, com investidores e empresários pedindo ações enfáticas, em resposta o presidente afirmou que “a Amazônia não pega fogo”.

“A floresta não pega fogo. É uma campanha maldosa contra o Brasil o tempo todo, porque isso tem a ver com economia”, disse o presidente.

Ao falar sobre economia, Bolsonaro disse que o Brasil é “gigante no agronegócio”, não parou durante a pandemia do novo coronavírus e é responsável por alimentar parte do planeta.
“Pessoal, tem certas regiões que o foco de incêndio vai existir quase todo ano, que é o índio que ‘taca’ fogo. É a cultura deles. Se não ‘tacar’ fogo, não vai ter o que comer no ano seguinte”, disse.
Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostraram que o mês de junho foi o com maior número de queimadas no bioma desde 2007. Houve também aumento de desmatamento, tendo sido o mês com maior devastação desde 2015. Bolsonaro mostrou durante a transmissão uma imagem que, segundo ele, é da Nasa e que mostraria focos de calor na África, mas não na Amazônia brasileira.
“Região Amazônica não tem nada vermelho”, disse.
O governo federal prorrogou recentemente o decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) na Amazônia para até 6 de novembro deste ano. O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB), que é presidente do Conselho da Amazônia, tem se reunido nas últimas semanas com empresários brasileiros e investidores do exterior para discutir a Amazônia.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal