Saída

Bolsonaro retira Bia Kicis da vice-liderança do governo e deputada diz ter sido ‘surpreendida’

Bia Kicis foi afastada da função de vice-líder do governo Bolsonaro após ter votado contra a PEC que tornou o Fundo de Desenvovlimento da Educação Básica (Fundeb) permanente.

O presidente Jair Bolsonaro retirou a deputada Bia Kicis (PSL-DF) da função de vice-líder do governo no Congresso Nacional. A decisão foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União na noite dessa quarta-feira (22).

Kicis é deputada federal de primeiro mandato e uma das principais aliadas do presidente no Congresso. Em entrevista à Rádio Jovem Pan, a parlamentar disse que não se sentiu traída pelo presidente, mas que foi surpreendida ao saber que foi retirada da vice-liderança.

“Não vou dizer que me senti traída, mas fui surpreendida. Eu, que batalho tanto contra a doutrinação nas escolas, estaria traindo minha consciência e meus eleitores. Tentei votar a favor, mas não consegui.” afirmou a deputada que disse ter preferido receber uma ligação do que saber através da imprensa.

Bia Kicis está entre os deputados que, na noite de terça-feira (22), votaram contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 15/1), que torna permanente o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação.

Pelo Twitter, Bia Kicis disse que votou “de acordo com sua consciência”.

Agência Brasil

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com