Determinação

Júnior Matuto (PSB), é afastado da Prefeitura do Paulista por determinação da justiça

Político é suspeito de participar de desvios de cerca de R$ 21 milhões em contratos com uma empresa de limpeza urbana.

Júnior Matuto (PSB), é afastado da Prefeitura do Paulista por determinação da justiça

Prefeito do Paulista Júnior Matuto. Foto: Reprodução/Vídeo cortesia

Publicado em 21 de julho de 2020 - 08:47

Por

A Polícia Civil de Pernambuco realiza, na manhã desta terça-feira (21), a Operação Chorume contra suposta fraude em licitação, peculato e associação criminosa.

A Polícia cumpre mandado de suspensão da função pública do prefeito de Paulista, Júnior Matuto (PSB), segundo apurou a Central de Notícias. Quem assume a Prefeitura é o vice Jorge Carreiro (PV).

A Polícia também cumpre 10 mandados de busca e apreensão domiciliar. O afastamento de Júnior Matuto e os demais mandados foram expedidos pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco.

A operação investiga um contrato de R$ 21 milhões com a Locar, empresa de coleta de lixo. Decisão é do desembargador Alexandre Guedes Alcoforado Assunção.

A operação é comandado pelo delegado Diego Pinheiro e as diligências são realizadas em Recife, Paulista e Caruaru.

Segundo a Polícia Civil, “a investigação foi inaugurada em novembro de 2018, com o objetivo de identificar a participação de empresários e agentes públicos na prática dos supostos crimes”.

Os nomes dos alvos não foram divulgados oficialmente pela Polícia. Cerca de 45 policiais civis estão envolvidos na operação, entre delegados, agentes e escrivães.

Documento judicial. Foto: Reprodução/Blog Noelia Brito

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com