Mundo

China faz alerta sobre um possível vírus no Cazaquistão, que pode ser mais letal que a Covid-19; país nega a informação

A Embaixada chinesa no Cazaquistão apontou uma pneumonia misteriosa no país, cujas mortes somaram 628 somente no mês de junho. Cazaquistão afirma que informação não condiz com a realidade.

Um alerta emitido pela Embaixada Chinesa, nesta quinta-feira (9), afirma que há no Cazaquistão uma pneumonia misteriosa que potencial para ser mais mortal que a Covid-19, cuja pandemia afeta hoje vários países no mundo. De acordo com as informações divulgadas pelos chineses, a doença desconhecida já matou 1.772 pessoas no Cazaquistão, sendo 628 apenas em junho. A Embaixada disse ainda cerca de 100 mil pessoas já foram infectadas no país. Cazaquistão, no entanto, afirma que essas informações não condizem com a realidade.

Nesta sexta-feira (10), o Ministério da Saúde do Cazaquistão emitiu uma nota classificando a notícia como ‘fake news’.

“Alguns meios de comunicação chineses divulgaram informações sobre casos relatados de uma pneumonia desconhecida no Cazaquistão que parecem ser mais mortais do que o coronavírus. O Ministério da Saúde da República do Cazaquistão declara oficialmente que essa informação não é condizente com a realidade”, informou.

Quando a China emitiu o alerta, recomendou que o Cazaquistão tomasse as medidas necessárias para evitar que o vírus desconhecido se espalhasse por outros países. O Cazaquistão, inclusive faz fronteira com a China.

O que sabe sobre esse suposto vírus é muito pouco. O próprio Cazaquistão diz que pode se tratar do coronavírus, o qual já contaminou  55 mil pessoas no país.

O que diz a OMS 

Com a repercussão, a Organização Mundial da Saúde também não descartou a possibilidade de esse vírus se tratar da própria Covid-19. Mas, que de toda forma, os casos estão sendo investigados. s. “A trajetória ascendente da Covid-19 no país sugere que muitos desses casos sejam, de fato, casos não-diagnosticados de Covid-19”, apontou,  Mike Ryan, diretor do programa de emergências da OMS.

 

Comentários estão fechados.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com