Nepotismo

Irmã de Toffoli é investigada por suspeita de nepotismo no Tribunal de Contas de São Paulo

A irmã de Toffoli é suspeita de envolvimento em “nepotismo cruzado”, ou seja, contratação de parentes. Ela exerce suas funções no gabinete do conselheiro Roberto Braguim.

Irmã de Toffoli é investigada por suspeita de nepotismo no Tribunal de Contas de São Paulo

Foto: Agência Brasil

Publicado em 10 de julho de 2020 - 20:13

Por

O nome da irmã do ministro Días Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal, consta numa investigação envolvendo recebimento de salários acima do teto, nepotismo e funcionários fantasma. A lista em que Maria Esther Dias Toffoli aparece foi produzida pelo Ministério Público de São Paulo. A investigação do MP/SP leva em conta denúncias envolvendo servidores públicos do Tribunal de Contas paulista.

A irmã de Toffoli é suspeita de envolvimento em “nepotismo cruzado”, ou seja, contratação de parentes. Ela exerce suas funções no gabinete do conselheiro Roberto Braguim. O promotor Christiano Jorge Santos disse o fato ocorre “em notório uso indevido de cargos públicos”. Santos foi quem assinou a recomendação para as investigações do MP.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com