Decisão

Presidente do STJ decide mandar Queiroz e sua esposa para prisão domiciliar

Queiroz e sua esposa Márcia Aguiar serão monitorados por tornozeleira eletrônica.

Presidente do STJ decide mandar Queiroz e sua esposa para prisão domiciliar

Fabrício Queiroz e sua esposa, Márcia Oliveira Aguiar/ Foto: Divulgação

Publicado em 9 de julho de 2020 - 16:41

Por

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, acaba de decidir que Fabrício Queiroz pode ir para prisão domiciliar. O pedido de prisão domiciliar também vale para Márcia Aguiar, mulher de Queiroz e foragida há três semanas.

Queiroz foi alvo de prisão preventiva há cerca de três semanas. Ele é suspeito de praticar obstrução da Justiça no caso das rachadinhas no gabinete de Flávio Bolsonaro no período em que o senador era deputado estadual do Rio de Janeiro.

No habeas corpus, a defesa pede a conversão da prisão preventiva em domiciliar.

Os advogados citam o estado de saúde de Queiroz e o contexto de pandemia, além de criticarem fundamentos da medida autorizada pela Justiça.

Presidente do STJ justifica que mulher de Queiroz também tem que ir para prisão domiciliar para “cuidar do marido”

Segundo a CNN Brasil, na decisão, o ministro João Otávio de Noronha diz que Márcia, esposa de Queiroz que está foragida, deve ir para a prisão domiciliar para cuidar do marido, que alegou problemas de saúde para pedir a prisão domiciliar.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com