Confissão

Sikêra Júnior revela que pediu para morrer no 14º dia com coronavírus

Apresentador contraiu o vírus em abril e precisou ser afastado do programa Alerta Nacional.

Sikêra Júnior revela que pediu para morrer no 14º dia com coronavírus

Foto: Apresentador Sikera Junior/ Reprodução RedeTV

Publicado em 4 de julho de 2020 - 08:32

Por

Curado do coronavírus, o apresentador Sikêra Júnior contou em entrevista sobre a sua experiência com o vírus que fez ele ficar afastado do noticiário Alerta Nacional, da Rede TV!, por um mês. Ele disse ter tido dificuldades respiratórias enquanto esteve doente e revelou que chegou a pedir para morrer no 14º de infecção.

“Estava andando com um cilindro de oxigênio. No 14º dia eu pedi para morrer, arranquei tudo que estava comigo e disse: ‘Não quero mais viver’”, disse Sikêra no programa ‘Mega Senha’ comandado pelo apresentador Marcelo Carvalho.

Sikêra confessou que ter tido Covid-19 fez dele querer cuidar melhor da saúde. “Não me cuido, mas vou tentar a partir de agora. Dessa vez eu senti medo”. O comunicador contou que tem uma filho de três anos e um neta da mesma idade. Ao vê-los, Sikêra repensou sobre a necessidade de manter a saúde em dia.

Crítico do isolamento social para evitar o contágio do vírus, Sikêra ponderou que “quem puder ficar em casa, fique”, mas o trabalhador que tem que se sustentar, precisa sair para trabalhar.

“Não mudo esse pensamento. Pior do que o vírus é a fome. Eu peguei Covid e sabia que era grupo de risco. Eu não podia ficar em casa, tinha que trabalhar. E eu peguei em casa. E aí? Agora eu pergunto: se é para ficar em casa porque não libera os porteiros, as babás, os farmacêuticos, os frentistas? Eles são imunes?”, questionou o apresentador.

Sikêra Júnior foi diagnosticado com a Covid-19 em abril. Antes, ele havia subestimado o vírus. O apresentador conta mais detalhes no programa que vai ao ar hoje (4), às às 23h.

 

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com