Desespero

Serra chorou e pediu para ser poupado, em reunião secreta com delator da Odebrecht

Em 2016, o tucano marcou um encontro com um dos delatores da empreiteira, que prometia entregar aos investigadores fatos ilícitos envolvendo Serra e sua filha, Verônica.

Serra chorou e pediu para ser poupado, em reunião secreta com delator da Odebrecht

Senador José Serra - Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Publicado em 3 de julho de 2020 - 20:44

Por

Alvo de buscas da Polícia Federal e denunciado por lavagem de dinheiro, o senador José Serra (PSDB-SP) vive hoje o dia que teme há anos.

Em 2016, o tucano marcou um encontro com um dos delatores da Odebrecht, que prometia entregar aos investigadores fatos ilícitos envolvendo Serra e sua filha, Verônica. A reunião secreta aconteceu na casa de um funcionário do senador, em uma comunidade, em São Paulo.

A conversa foi difícil. Serra chorou, desesperou-se, e suplicou para que o executivo o poupasse. Aos prantos, o tucano disse que sua vida estaria acabada. Não teve jeito. Serra foi delatado e, quatro anos depois do encontro, tornou-se alvo de uma denúncia e de buscas da Lava-Jato.

*Por Bela Megale com informações do Blog da Noelia Brito

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com