Ataques

“Eles não me processam, pois sabem que tenho todas as provas”, afirma Ciro Gomes após disparar acusações contra a família Bolsonaro

Críticas ao governo foram proferidas mais uma vez, durante uma live nesta quinta-feira (2).

Crítico ativo do governo de Jair Bolsonaro, o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, afirma que o presidente da República é mentor de uma quadrilha de melecianos. Os ataques polêmicos foram proferidos durante a live do político no blogo do Magno, nesta quinta-feira (2).

Demonstrando segurança no que fala, Ciro Gomes ainda completou que não teme receber nenhum processo por parte da família Bolsonaro, pois diz ter provas contra eles.

 “Elegeram um despreparado, boçal, de família bandida, ligada com as milícias e da mamatinha de roubar dinheiro de gabinete. Eles não me processam, pois sabem que tenho todas as provas. O Queiroz não é do Flávio, é do Jair Messias Bolsonaro, esse que está na Presidência”, provocou Ciro Gomes.

Bolsonaro não foi o alvo principal das críticas na entrevista, mas não o único. O ex-candidato à presidência nas eleições de 2018, comentou sobre o que Lula tem falado a respeito dele. Em resposta, Ciro disse que o petista “não está nada bem”.

 “Diferentemente dele, eu pelo menos estou solto, não é? Não tenho ameaça de prisão. Mas não quero ficar nesse nível. O Lula não está nada bem. Eu conheço Lula há 35 anos e ele está tomado de ódio, frustração. Achava que o povo brasileiro deveria ter descido em Curitiba, destruído a Polícia Federal e ter levado ele para o poder. E isso deformou o Lula. Ele está falando muita bobagem e mentira. E sempre com a expressão do rancor, da mágoa. E eu estou em outra”, disparou.

Lula havia dito em uma live que Ciro iria constituir num fracasso eleitoral em 2022 maior do que o das eleições presidenciais de 2018, além de alegar que não leva Ciro Gomes a sério.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal