Conselheiro

Temer aconselhou Bolsonaro a parar de falar no ‘cercadinho’ do Alvorada

Temer criticou a participação de Bolsonaro em atos com pedidos de fechamento do Congresso e do STF.

O ex-presidente Michel Temer (MDB) foi um dos que aconselharam o atual mandatério, Jair Bolsonaro (sem partido) a parar de dar entrevista em frente ao Palácio da Alvorada. As falas de Bolsonaro geravam polêmicas. Temer disse ao site Metrópoles que “percebo que tem uns 10, 12 dias que ele parou de dar aquelas entrevistas. Não quero dizer que seja o meu conselho, né? Mas meu conselho, meu palpite, deve ter, talvez, ajudado”, acrescentou.

“Com toda a franqueza, essa coisa de ele falar naquela saída, naquele cercadinho, isso é péssimo. A palavra do presidente é uma palavra muito forte. Ela faz a agenda do país”, disse Temer.

Temer também criticou a participação de Bolsonaro em atos com pedidos de fechamento do Congresso e do STF. “Igual maneira, para preservar a democracia, você não pode participar de coisas que agridem o Congresso, o STF. Tem de dar o exemplo de que os poderes são fundamentais.”

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal