Escolha

PT do Recife descarta Marília Arraes e reafirma apoio a João Campos (PSB) em eleição para prefeito

Se ainda optar pela candidatura, Marília deve recorrer a decisão final da direção nacional do Partido dos Trabalhadores.

O PT do Recife confirmou a decisão de manifestar apoio ao PSB nas eleições 2020 na capital pernambucana. A maioria dos dirigentes petistas locais não votaram a favor da candidatura de Marília Arraes a prefeita.

A decisão final se Marília será candidata ou não será da direção nacional do PT, que tem orientação pela candidatura da deputada no Recife.

37 dos 44 delegados do PT do Recife votaram pela aliança com o PSB, que já ocorreu nas eleições de 2018. Os sete delegados pró-candidatura de Marília estiveram ausentes.

A manutenção da aliança com o PSB é defendida pelo senador Humberto Costa, que é aliado do prefeito Geraldo Julio e do governador Paulo Câmara e indicou aliados para cargos nas gestões do PSB no Recife e no Governo de Pernambuco.

Nos bastidores, Humberto e socialistas não veem com bons olhos a candidatura de Marília. O PSB vai lançar João Campos para disputar a sucessão do prefeito Geraldo Julio.

Como Marília Arraes aparece com hipótese de ida a eventual segundo turno contra João Campos, com chance de disputa acirrada, a cúpula do PSB torce para que ela seja rifada da disputa, como ocorreu em 2018, quando a atual deputada foi impedida pelo PT de disputar a eleição para governador.

A manobra abriu alas para o PT se aliar ao governador Paulo Câmara, que tentava a reeleição, em acordo para minar o quase certo apoio do PSB à candidatura de Ciro Gomes (PDT) à Presidência.

Já Humberto Costa atua, nos bastidores, alegando que a candidatura de Marília Arraes não é uma opção, apesar de serem do mesmo partido.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com