Opinião

“Fica feio para a democracia brasileira”, diz Alexandre Garcia sobre inquérito das fake news

Garcia é crítico do inquérito instaurado pelo STF que investiga notícias fraudulentas, ofensas e ameaças contra à Corte.

Em coluna publicada no jornal Gazeta do Povo, na última terça-feira (17), o jornalista Alexandre Garcia criticou o inquérito das fake news instaurado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) dizendo que a Corte parece estar se aproveitando das ameaças direcionadas ao STF para “perseguir politicamente o Bolsonaro”.

“Parece que estão se aproveitando dessas ameaças para perseguir politicamente o presidente Bolsonaro e liberar o outro lado. […] Fica feio para a democracia brasileira que um dos poderes esteja extrapolando. Os presidentes do Senado, Câmara e da República recebem ameaças e não reagem dessa forma”, disse Garcia.

O jornalista repreendeu as ofensas e ameaças contra o STF, mas defendeu que esses casos extremos sejam investigadas pela Polícia Federal isoladamente, através do departamento de crimes cibernéticos para que as pessoas sejam encontradas e punidas.

Por outro lado, Garcia acredita que a crítica ao STF deve ser livre.

“Essa investigação é uma forma de amordaçar as pessoas que criticam a Corte A crítica deveria ser livre. O que foi apresentado como provas no julgamento de ontem são ameaças terríveis contra ministros da Casa e suas famílias. Essas ameaças precisam ser desprezadas por todos que tem consciência. Mas, ainda assim, são ameaças. A Polícia Federal tem um departamento de crimes cibernéticos. É fácil achar esses criminosos e processá-los”, declarou.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com