Entrevista

“Não entrei no governo para servir ‘ao mestre'”, diz Moro em resposta a Bolsonaro

O ex-ministro também afirmou que tem lealdades maiores e que entrou no governo para ajudar no combate à corrupção.

Em entrevista concedida à rádio Jovem Pan, nesta segunda-feira (22), o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, voltou a falar sobre a sua saída do governo do presidente da República, Jair Bolsonaro.  Moro disse que não havia entrado no governo para “servir ao mestre”, mas sim, para ajudar a combater a corrupção e enfatizou que se manteve leal ao objetivo.

“Eu permaneci fiel àquilo que eu assumi de compromisso, inclusive com o presidente e o país, quando deixei a magistratura. Quem não permaneceu fiel foram outras pessoas”, disse.

O ex-juiz da operação Lava Jato, sem entrar em detalhes, disse que tem “lealdades maiores”. “Eu tenho lealdades maiores. Eu não entrei ali no governo para servir ao mestre, eu não sou um servo do profeta. A forma de servir ao país é falando a verdade.”

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal