Justiça

Justiça condena funcionários da Caixa e empresários por fraude milionária no Ceará

Sete pessoas foram condenadas e onze absolvidas.

A condenada com o maior tempo de prisão foi a empresária Ana Carolina de Araújo Medeiros com 19 anos e 1 mês de reclusão, pelos crimes de estelionato, obtenção de financiamento mediante fraude e organização criminosa. Ela foi absolvida dos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção ativa.

A sentença afirma que Ana Carolina “foi a principal articuladora do esquema criminoso apurado nesta ação penal, tendo as empresas que comandava – tanto formalmente quanto informalmente – sido beneficiadas com um multimilionário volume de recursos obtidos mediante operações de crédito fraudulentas concedidas pela CEF”.

Segundo as investigações, empresária movimentou mais de R$ 16 milhões em suas contas bancárias, entre janeiro de 2011 e abril de 2015, valor que não era compatível com a declaração à Receita Federal. Ela obteve empréstimos fraudulentos para ao menos 20 empresas, sendo a maioria do setor da construção civil.

*Com informações do G1

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal