Olinda

Em comunicado, prefeitura de Olinda diz apoiar investigações e se coloca a disposição da PF

A Prefeitura reafirma ainda a legalidade dos processos da Secretaria de Saúde, a qual tem desempenhado um trabalho incontestável em favor da população nessa Pandemia.

A Prefeitura de Olinda se posicionou sobre a operação Casa de Papel  da Polícia Federal desencadeada, na manhã desta terça-feira (16),  para apurar supostas irregularidades em licitações.

Em parceria com a Controladoria-Geral da União, a operação deflagrada pela PF investiga a contratação, sem licitação, da empresa AJS COMÉRCIO E REPRESENTAÇÃO LTDA. por algumas prefeituras pernambucanas para fornecimento de materiais médico-hospitalares para enfrentamento à pandemia de COVID-19. Os contratos somam quase R$9 milhões de reais.

Algumas cidades do Grande Recife, inclusive a capital pernambucana foram alvo de buscas.

Acompanhe a nota na íntegra.

“A Prefeitura de Olinda reafirma a legalidade dos processos da Secretaria de Saúde, a qual tem desempenhado um trabalho incontestável em favor da população nessa Pandemia.

A Prefeitura recebeu a operação da Polícia Federal deflagrada em diversos municípios do estado, dentre eles, Olinda. Os valores dos produtos recebidos somam o montante de R$282mil, sendo que o material foi contratado no preço de mercado, foi efetivamente entregue e o valor da compra ainda nem foi pago.

A Prefeitura apóia toda forma de investigação e apuração e se coloca à disposição, não apenas da Polícia Federal, como também de todos os órgãos de fiscalização e controle.”

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal