Saúde pública

Denúncia: gestante reclama de descaso e falta de leitos em maternidade no Recife

Paciente mostrou em vídeo, grávidas aguardando atendimento por horas sentadas em cadeiras e macas.

Em denúncia enviada por meio de vídeo ao programa Por dentro com Cardinot da TV Jornal, uma mulher grávida reclamou do atendimento e da precariedade na Maternidade da Encruzilhada, localizada na Zona Norte do Recife. Nas imagens gravadas pela a gestante mostrou outras grávidas que aguardavam o atendimento sentadas em e cadeiras e macas, pois, segundo a denunciante, foi informada de que não havia leitos suficientes na unidade.

A denúncia foi exibida pela reportagem nesta sexta-feira (12). No vídeo, a paciente também mostrou o único banheiro em funcionamento na maternidade, onde é visto com papel acumulado na lixeira e falta de limpeza.

Além disse, a mulher denunciante fez queixas sobre a demora no atendimento dos médicos que também não permitem a entrada de acompanhantes. “O último médico que examinou a gente aqui foi às 07h00 da manhã hoje. E não apareceu mais ninguém”, disse a grávida no vídeo no qual afirma ainda que a maioria das gestantes presentes estão com mais de 40 semanas e com pressão alta.

Em resposta à TV Jornal, a gestão da maternidade disse que a unidade está sofrendo com problemas de superlotação em razão da pandemia do coronavírus. Outra razão alegada pela maternidade é o déficit de recursos humanos por causa do afastamento de profissionais.

A gestão esclarece que, devido à pandemia, a superlotação tem aumentado. Os acompanhantes estão proibidos por motivo de segurança. A direção explica que está com déficit de recursos humanos devido à quantidade de profissionais afastados com o novo coronavírus e que não tem conhecimento sobre a falta de limpeza dos banheiros.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal