Proteção

PT pede ao STF proteção de militantes da Antifa expostos em dossiê de deputado do PSL

O documento elaborado pelo deputado estadual Douglas Garcia, contém informações pessoais dos opositores.

PT pede ao STF proteção de militantes da Antifa expostos em dossiê de deputado do PSL

Manifestação antifascista. Foto: Reprodução/Internet

Publicado em 10 de junho de 2020 - 09:07

Por

O PT entrou com um pedido no Supremo Tribunal Federal (STF) em busca de proteção aos mil integrantes do movimento antifascista que se voltarão contra o governo de Jair Bolsonaro. O pedido surgiu depois do vazamento de informações pessoais dos militantes, cujos dados foram elaborados em forma de dossiê a pedido do deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP).

De acordo com a sigla, a divulgação dos dados pessoais dos membros da Antifa Brasil, representa um ato de invasão e ameaça.

“O vazamento de dados pessoais representa ato de invasão e ameaça, gerando insegurança nas pessoas cujos dados foram divulgados. Ainda, na hipótese de atos de violência física ou moral serem perpetrados contra e suas pessoas, poder-se-á asseverar que ocorreram em virtude do ambiente virtual criado por atitudes com as do ora Noticiado, que não respeitam a privacidade e a honra das pessoas, especialmente aquelas que pensam diferente de si”, afirmou o PT no pedido.

O dossiê em questão, foi feito pela equipe do deputado e encaminhado à Polícia Civil e Polícia Federal. Além disso, o deputado também enviou o material para a embaixada dos EUA no Brasil. Segundo o parlamentar, as informações por ele apresentadas, só há dados de integrantes do sexo masculino e de São Paulo. Desde os primeiros protestos organizados pelo grupo Antifa, o deputado vem mostrando indignação diante dos atos de vandalismo nas manifestações.

“Pois bem, estou enviando, senhores, na data de hoje, para a embaixada dos Estados Unidos da América e alguns consulados dos EUA aqui no nosso país um dossiê com os nomes da pessoas em território brasileiro com suspeitas de associações e participação ativas nestes grupos”, disse Douglas Garcia no Twitter.

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com