Eleições 2020

Presidente do TRE-PE diz que ‘prorrogar mandatos é incogitável’

Frederico Neves disse ainda que as medidas de isolamento não surtiram o efeito desejado.

Presidente do TRE-PE diz que ‘prorrogar mandatos é incogitável’

Presidente do TRE-PE, Frederico Neves. Foto: TRE-PE

Publicado em 8 de junho de 2020 - 13:37

Por

Em entrevista ao jornal Folha de Pernambuco divulgada nesta segunda-feira (8), o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE), desembargador Frederico Neves, afirmou que não existe possibilidade de mandatos de prefeitos e vereadores serem prorrogados. O presidente disse ainda que as medidas de isolamento não surtiram o efeito desejado, por isso, vê o adiamento das eleições municipais de 2020, par novembro ou dezembro, como inevitável.

“A prorrogação de mandatos é algo incogitável, por dupla razão: primeiro porque os eleitores votaram nos seus prefeitos e vereadores para um mandato de quatro anos. Segundo porque a alternação no poder é algo afeiçoado ao regime democrático.
Além do mais, há casos em que os prefeitos já estão concluindo o segundo mandato, não podendo, por imperativo constitucional, permanecer no cargo.”

Quando perguntado sobre a possibilidade de as eleições municipais serem realizadas ainda neste ano de 2020, Frederico afirmou que este é o desejo do TRE, mas destacou que as medidas contra a covid-19 não surtiram o efeito desejado.

“Infelizmente, o novo coronavírus tem ceifado muitas vidas. As medidas adotadas para a contenção do avanço da doença, não atingiram os efeitos desejados. O aumento do número de óbitos e de contaminados, é uma realidade diariamente anunciada. A esta altura, a mudança do calendário eleitoral e um possível adiamento para novembro ou dezembro, embora indesejável, mostra-se inevitável. Tudo, em bom rigor, vai depender da evolução da doença.”

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com