Recife

Cidade do Recife proíbe venda de fogos de artifício e fogueiras no período junino deste ano

Os comerciantes cadastrados serão contactados pela Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife (Semoc) e receberão apoio e cestas básicas da Prefeitura do Recife.

Cidade do Recife proíbe venda de fogos de artifício e fogueiras no período junino deste ano

Fogos e fogueiras estão proibidas no Recife. Foto: Divulgação

Publicado em 7 de junho de 2020 - 19:41

Por

A Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife (Semoc) informa que este ano não publicará a autorização para a instalação das 44 barracas de venda de fogos de artifício e de fogueiras na cidade.

Os comerciantes cadastrados serão contactados pela Semoc e receberão apoio e cestas básicas da Prefeitura do Recife.

Além do Brasil estar enfrentando uma pandemia de doença respiratória, o uso de fogos e fogueira acontece em festas, no entanto, aglomerações não são permitidas nesse momento.

“A decisão baseia-se na premissa de que estamos enfrentando uma pandemia de uma doença que afeta justamente o sistema respiratório-pulmonar, não fazendo sentido permitir qualquer atividade que possa produzir fumaça”, comentou João Braga, secretário de Mobilidade e Controle Urbano da Prefeitura do Recife. “Vamos evitar o comércio desses itens e apelar para a consciência da população para que nos ajude a ter um mês de junho sem fumaça, desta vez”, completou.

Além dos pacientes da Covid-19, os fogos e fogueiras também podem causar desconforto físico e emocional a crianças muito pequenas, idosos e portadores de condições especiais, como autismo, além de estressar animais domésticos.

“Algumas tradições merecem ser atualizadas para atender as novas necessidades da sociedade. É com alegria que os protetores de animais recebem essa notícia.”, comentou Carlos Augusto Stein, secretário Executivo de Direito dos Animais da Prefeitura do Recife.

A fiscalização das vendas ficará a cargo das equipes da Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano, com apoio do Procon Recife, que já têm realizado diariamente o ordenamento e controle comercial para cumprimento dos decretos estaduais e municipais de combate à Covid-19.

Anualmente, a PCR publicava autorização para colocação das barracas de fogos, apenas no mês de junho, em Casa Forte (Rua Afonso de Albuquerque e Estrada das Ubaias), Ponto de Parada (Rua Prof. José dos Anjos), na Torre (Av. Beira Rio e Rua José de Holanda), na Iputinga (Rua Manoel Estevão da Costa, Rua São Mateus e Av. Maurício de Nassau), na Caxangá (Av. Joaquim Ribeiro), no Cordeiro (Av. Caxangá, na altura do Parque de Exposições de animais), no Zumbi (Rua Gomes Taborda), no Prado (Rua Carlos Gomes) e na Vázea (Rua Amaro Gomes Pororoca) e em Boa Viagem, na Av. Visconde de Jequitinhonha.

Denúncias podem ser feitas de acordo com a área da cidade em que a irregularidade está acontecendo:

Regional Centro-Oeste: Whatsapp: 99110-1789/ E-mail: centrooestedircon@gmail.com

Regional Norte: Whatsapp: 99159-1493/ E-mail: nortedircon@gmail.com

Regional Sul: Whatsapp: 99485-0083/ E-mail: suldircon@gmail.com

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com