Saúde

Prefeitura do Recife recebe 87 novos ventiladores e abre 32 leitos de UTI em hospital de campanha

Prefeitura recebe os aparelhos, após as investigações envolvendo a compra de 500 respiradores pulmonares da microempresa Juvanete Barreto Freire.

Prefeitura do Recife recebe 87 novos ventiladores e abre 32 leitos de UTI em hospital de campanha

Prefeito do Recife, Geraldo Julio. Foto: Divulgação/PCR

Publicado em 4 de junho de 2020 - 13:57

Por

A Prefeitura do Recife abriu 32 novos leitos de UTI em Hospital de Campanha e recebeu novos ventiladores pulmonares, nesta quinta-feira (4), após todas as investigações que foram divulgadas nas últimas semanas.

Em uma dessas investigações, inclui o cumprimento de mandados de busca e apreensão pela Polícia Federal na prefeitura e na casa do secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia.

Segundo a prefeitura, os equipamentos foram adquiridos de uma empresa da Turquia, através de um consórcio público-privado, e cada um custou 19 mil dólares. Este tipo de aquisição não é feita por meio de dispensa de licitação.

Nesta quinta-feira (4), 32 deles foram colocados em operação em leitos de UTI do Hospital Provisório Recife 3, que fica na Imbiribeira, Zona Sul da capital.

O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa online e de acordo com Jailson, os aparelhos chegaram nesta semana ao Recife.

“Do total de 200 respiradores que a prefeitura já havia adquirido, nós recebemos 87, que foram adquiridos de um consórcio público-privado da Turquia. São respiradores digitais, que começam a ser testados e instalados, 32 deles já ativos a partir de hoje”, disse o secretário, que participou da entrevista juntamente com o prefeito Geraldo Julio.

Dos 87 ventiladores, 32 foram destinados a leitos de UTI do Hospital Provisório Recife 3, enquanto os outros 55 estão sendo instalados nos hospitais Provisórios 1 e 2, que ficam em Santo Amaro e nos Coelhos, respectivamente. A abertura das vagas de UTI deve ocorrer nos próximos dias, segundo a prefeitura.

Ainda de acordo com a gestão municipal, os equipamentos foram adquiridos no início do mês de maio, em uma articulação com os governos dos estados do Piauí e São Paulo, além da prefeitura de Teresina.

“Esses novos leitos anunciados hoje são fundamentais para o Plano de Convivência e para o distensionamento porque garantimos o suporte, caso seja necessário”, explicou Jailson Correia.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com